Depósito de sonhos frustrados (EP​.​01)

by Humbra

/
  • Streaming + Download

     

1.
2.
3.
04:42
4.

about

Primeira coleção de anti-hits caseiros da humbra.

Boneco de vento Records (BNV), 2014.
BNV#001

credits

released May 30, 2014

humbra_
Leonardo Oliveira
Fabiano S. Cunha
Val Waxman
Bruno Monteiro

Produzido por humbra.
Gravado e mixado entre janeiro e maio de 2014.
Masterizado na Toca do pombo por Val Waxman.
Desenhos por Maíra Ribeiro e Renata Gama.
Concepção gráfica por Art Vandelay.

Contato: bandahumbra@gmail.com
Soundcloud: soundcloud.com/banda-humbra
Soundcloud BNV: soundcloud.com/boneco-de-vento-records
Youtube: www.youtube.com/channel/UCAivsJZNbiJ2wyrfStEQGNg

tags

license

all rights reserved

about

Humbra Rio, Brazil

Banda de rock alternativo do Rio de Janeiro.

Alternative fuzzy rock band from Rio De Janeiro, Brazil.

contact / help

Contact Humbra

Streaming and
Download help

Track Name: Melhor esquecer
Seria sempre a dor da mesma canção
Seria tão melhor que essa solidão
Seria melhor poder esquecer...

Ser somente o que você pode ver
Seria então melhor que essa canção
Seria melhor poder esquecer...

Mas o sol está tão quente...
Não sei bem porque tento me esconder
Mas vejo você aqui
Track Name: Cruz das almas
Sou como vê o dia passar
Tenho em mãos o meu chá
Como encontrar
O que queremos mais
Ser o que se sabe ser

Há de haver alguém como eu
Há de haver alguém...

Penso em contar os dias daqui
Quero não me atrasar
Espere mais
Estou aqui
Tenho o que já aprendi

Mas se eu não perdi você
Como então seguir com você
Sempre coube à solidão
Sempre ter o meu perdão
Sempre sonhei mais do que posso ter

Há de haver alguém como eu
Há de haver alguém...
Track Name: Reza
Tanto faz...
Não ligo se você mudar
A vida aqui secou
E não posso mais errar

Sei, dois destinos machucados
Sem tentar
E do silêncio dividindo o que não há
Não mais...
Enquanto eu insistir
Que a vida marche em paz
Onde a sorte nos faltou
Tempo, eu me perdi
Na espera de acertar...
Essa reza em nossas mãos

Cansei do medo de mudar
Cansei, por medo de arriscar

Tempo, eu insisti
No inferno pra alcançar
Tanta reza em nossas mãos
E enquanto eu lhe seguir
Que a vida marque em par
Onde a sorte nos matou

Não mais...