Tempos mal vividos (EP)

by Humbra

/
  • Streaming + Download

     

1.
2.
01:54
3.
4.
5.
06:16

about

Lembranças apagadas de um tempo mal vivido.
Release: crookedtreerecords.wordpress.com/2016/08/17/humbra-tempos-mal-vividos-ep/

Boneco de vento Records, BNV#010.
Crooked Tree Records, CTR#016.
BRASIL, 2016.

credits

released August 10, 2016

humbra_
Leonardo Oliveira
Fabiano S. Cunha
Val Waxman
Bruno Monteiro

Produzido por humbra.
Gravado e mixado no estúdio Toca 18 entre março e junho de 2016.
Masterizado por Fausto Souza.
Samplers por Val Waxman.

Ilustrações por Marco A.
Diagramação e concepção por Art Vandelay.

Contato: bandahumbra@gmail.com
Soundcloud: soundcloud.com/banda-humbra
Soundcloud BNV: soundcloud.com/boneco-de-vento-records
Crooked Tree Records: crookedtreerecords.bandcamp.com/music
Youtube: www.youtube.com/channel/UCAivsJZNbiJ2wyrfStEQGNg

tags

license

all rights reserved

about

Humbra Rio, Brazil

Banda de rock alternativo do Rio de Janeiro.

Alternative fuzzy rock band from Rio De Janeiro, Brazil.

contact / help

Contact Humbra

Streaming and
Download help

Track Name: Nada a justificar
Não há nada que faça justificar
Essa hipocrisia nesse limiar
Não há nada a se resolver
Se nossos amigos aqui não estão
Precisamos de ajuda pra viver
Precisamos combater os leões

Não temos nada a justificar
Se não temos nada pra falar

Faça valer lutar e vencer
Faça barulho com orgulho de ser
Diga quem tu és a teu avatar
Faça valer a terra e o ar

Não temos nada a justificar
Se não temos nada pra falar
Track Name: Silverina
Você só quer me deixar feliz quando lhe convém
Quando é você que tem de se subjugar
O seu passado condena...
No mato, na fazenda...
Você nem se lembra dos primórdios de virgindade
Que eu me lembro de verdade da verdade que você não faz questão de se lembrar!

Quando se #%! porque foi pro que era incerto
Rebolou no meu *!* e deixou tudo entrar
No vai e vem, Silverina, tão doidinha, Silverina, safadinha...
Não deu tempo de gritar!

Filha da *&$, sem vergonha
Roubar e dar se fez seu nome
Quando fez também com o filho do patrão
@$! com toda peãozada
Ficou toda arrombada
Nomeada a tarada
Nem o jumento escapou!
Track Name: Diante do espelho
Eu e você, brigando por um canal de TV
Eu e você, brigando por qual filme vamos ver
Eu e você, brigando por não ter o que fazer
Eu digo a você que não é assim que se deve ser

Eu e você

Eu posso ser aquilo que você quiser que eu seja
É só dizer aquilo que você assim deseja
Mas lá vem você...
Dizendo o meu erro, não tem por quê
Eu digo a você que não é assim que se deve ser

Eu e você
Track Name: Tempos mal vividos
Hey, esqueça tudo agora e vamos ao cinema
Consuma a sua culpa até a última cena
Mais uma vez...

Mas a minha dor ainda não cessou
Ainda tenho a sua doença
Que não se vai e não me deixa jamais
E não me deixa jamais...

Lembranças apagadas
De um tempo mal vivido
Então não resta mais nada
Apenas fotos rasgadas

Mas você apareceu...
Track Name: O circo
Dance, como dançam os palhaços
Da avenida, rua 4
Logo ali após a festa
Onde tem uma palestra
De um suicida qualquer...
E vamos nos divertir

Minha vida preta e branca
Tão vazia, sem lembranças
Devaneia sem uma ceia pra comemorar o natal

Não me diga o que fazer
Eu sei o meu dever
Sei fazer o meu café
Andar na corda bamba
Vou dar o meu rolé...

Minha vida preta e branca
Tão vazia, sem lembranças
Devaneia sem uma ceia pra comemorar o natal

E essa palhaçada dessa piada sem graça
Viver sem o meu róque e rindo de você

Sem deixar o circo cair, vamos levantar a calça
E vender a nossa alma a um qualquer psicopata
A qualquer um em frente à pista
Podem roubar o meu dinheiro
Que eu não tenho um herdeiro, não